Home / Notícias / Thainara Faria reivindica melhorias para Araraquara

Thainara Faria reivindica melhorias para Araraquara

Os pedidos foram feitos à deputada estadual Márcia Lia. A expectativa é de que a destinação de verba seja realizada por meio de emenda parlamentar

 

Trabalhando em conjunto com o governo estadual, a fim de promover melhorias para o município de Araraquara, a vereadora Thainara Faria (PT) enviou para a deputada estadual Márcia Lia (PT) indicações para investimentos na cidade. Entre elas, há pedidos para a implantação de academias ao ar livre no bairro Jardim Santa Júlia II (na Rua Maria Gasparetto Sonego), no Assentamento Monte Alegre III (em frente à Unidade de Saúde da Família “Dirce Tagassi Cândido”) e no bairro Jardim Valle Verde (na Avenida Luiz Rodrigues Malheiros, entre as ruas José Luiz Pio e Leonardo Ortenzi).

De acordo com Thainara, o investimento na prática de atividades físicas traduz a preocupação do poder público com a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida da população e, por isso, é fundamental a instalação de tais equipamentos em bairros nos quais as opções de lazer e esporte são escassas.

Além disso, há o pedido de destinação de verbas estaduais para a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), campus de Araraquara. O valor de R$ 130 mil seria para reforma e ampliação do Centro de Ciências de Araraquara (CCA), vinculado à Diretoria do Instituto de Química. Já R$ 1,8 milhão seria destinado para a continuidade das obras do Restaurante Universitário, localizado no interior do campus. Segundo a parlamentar, a solicitação é imprescindível para assegurar o acesso dos estudantes de baixa renda ao ensino superior. “Desde 2014, o restaurante Universitário foi fechado para reformas com o intuito de atender adequadamente os estudantes. Contudo, a partir de entraves apresentados na execução, o serviço foi suspenso e não mais atende os mais de 10 mil alunos da instituição, o que é motivo para o crescimento da evasão escolar”, justificou.

Por fim, a vereadora solicitou a quantia de R$ 120 mil para reforma e manutenção do prédio da Casa da Cultura na cidade. Atualmente, no local, são desenvolvidos 13 cursos de formação, além do trabalho artístico e educacional com 10 oficinas culturais gratuitas que incluem capoeira, canto, artesanato, teatro, desenho mangá, ballet infantil, breaking e violão.

Compartilhe

Leave a Reply